Atlético-MG domina Cruzeiro e vence clássico na Arena MRV pela primeira vez

O Atlético-MG teve amplo domínio sobre o rival Cruzeiro, neste sábado (20), venceu por 3 a 0 a partida pela terceira rodada do Brasileirão e, enfim, deu fim ao tabu em clássicos na Arena MRV.

Foi o quarto duelo entre os rivais na nova casa do Galo — antes, a Raposa tinha vencido dois jogos e conquistado um empate.

Desta vez, o Atlético-MG não deu qualquer chance ao Cruzeiro. Os três gols do clássico foram marcados ainda no primeiro tempo, entre os 24 e 46 minutos.

Golaço de Zaracho e falha de Anderson

Zaracho abriu o placar com um golaço de voleio, aproveitando assistência de Gustavo Scarpa. Artilheiro da Arena MRV, Paulinho ampliou ao desviar chute cruzado de Hulk. E Arana fechou o placar, com direito a falha do goleiro Anderson.

O Atlético-MG conquista sua primeira vitória no Brasileirão, indo a 5 pontos e assumindo a quinta posição, provisoriamente.

O Cruzeiro, por sua vez, perde pela primeira vez no campeonato, após uma vitória e um empate. Fica com 4 pontos, na provisória nona posição.

Próximos jogos

O Atlético volta-MG a campo na próxima terça-feira (23). Líder do Grupo G da Copa Libertadores, o time mineiro recebe o Peñarol, do Uruguai, na Arena MRV. O duelo também está marcado para 21h (de Brasília).

O Cruzeiro, por sua vez, tem desafio pela Copa Sul-Americana. No Chile, os comandados de Fernando Seabra encaram o Union La Calera, pela 3ª rodada do Grupo B. A bola também rola a partir das 21h.

Como foi o jogo

Os primeiros minutos do clássico foram de estudo dos dois lados. O Cruzeiro, visitante, até chegou a ser mais intenso do que o Atlético. Porém, sem levar susto ao goleiro Everson.

Empurrado pela torcida, o Galo melhorou e partiu para o ataque.

Aos 25, veio o primeiro gol da partida. Após grande jogada de Gustavo Scarpa, Matías Zaracho fez deu um lindo voleio e estufou a rede cruzeirense.

Paulinho amplia

Nos minutos seguintes, o Galo seguiu pressionando. O Cruzeiro, por sua vez, tentou dar resposta imediata, mas sem sucesso. Aos 34, veio o segundo. Novamente com jogada iniciada por Scarpa, Hulk chutou forte e, no meio do caminho, Paulinho desviou a bola e ampliou.

Em 16 partidas na temporada, o camisa 10 fez seis gols.

Aos 43 minutos, Matheus Pereira tocou para Lucas Silva. Da entrada da grande área, o volante enxergou Rafa Silva. O atacante chutou, a bola ia entrando, mas Alan Franco salvou o que seria o tento cruzeirense.

Virou passeio

Aos 45 minutos, veio o terceiro. Arana arriscou de fora da área e surpreendeu o goleiro Anderson. O arqueiro cruzeirense falhou e o placar da Arena MRV apontou 3 a 0 para os donos da casa.

Para o segundo tempo, os dois treinadores promoveram alterações nas respectivas equipes.

Do lado atleticano, Milito tirou Zaracho e acionou Igor Gomes. Do lado cruzeirense, Seabra sacou Filipe Machado e Arthur Gomes; entraram Zé Ivaldo e Barreal.

Segundo tempo controlado

Com o placar elástico conquistado no primeiro tempo, o Atlético colocou os pés no freio e foi menos intenso. Mas isso não evitou as investidas em busca do quarto gol.

O Cruzeiro, por sua vez, tentou aproveitar os espaços deixados pela defesa atleticana. Mas o time não conseguia chegar até o gol de Everson.

Atlético-MG: Everson; Saravia, Jemerson (Mauricio Lemos), Battaglia e Guilherme Arana; Otávio, Alan Franco, Gustavo Scarpa (Alisson) e Zaracho (Igor Gomes); Hulk e Paulinho (Eduargo Vargas). Técnico: Gabriel Milito.

Cruzeiro: Anderson; William, Neris (Gabriel Veron), João Marcelo, Marlon; Machado (Zé Ivaldo), Ramiro, Lucas Silva (Matheus Vital), Matheus Pereira; Arthur Gomes (Barreal) e Rafa Silva (Rafael Elias). Técnico: Fernando Seabra.

Motivo: 3ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Data: 20 de abril de 2024, sábado.

Local: Arena MRV, em Belo Horizonte.

Horário: 21h (de Brasília).

Arbitragem: Ramon Abatti Abel, auxiliado por Rafael da Silva Alves e Alex dos Santos.

VAR: Wagner Reway.

Gols: Zaracho, do Atlético, aos 24’/1ºT; Paulinho, do Atlético, aos 34’/1ºT; Guilherme Arana, aos 46’/1ºT.

Cartões amarelos: João Marcelo, Lucas Silva (Cruzeiro); Paulinho, Mauricio Lemos (Atlético).

Público: 39.541.

Renda: R$ 2.151.652,52.

Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

versão original

Veja Também.

Rolar para cima